Pinturas Sem Limites

Fernando Burjato
Bruno Marcelino



23/09/2017 à 23/10/2017

Foi assim que o crítico francês Jacques Lassaigne batizou a série dos papéis recortados de Henri Matisse, quando foram expostos no Musée des Arts Decoratifs, em Paris, no ano de 1961. Nada mais exato. Afinal, a expansão compelida pelo artista levou a pintura bem além, muito além, de seu mais tradicional suporte, a tela, e dos instrumentos e materiais tão intrinsicamente relacionados ao ofício, como pincéis e tintas. Nesta exposição apresentada pela Galeria Casa da Imagem, essa série de pinturas de Matisse ocorre à memória, despertada por trabalhos que em sua totalidade estão implicados a esse gesto radical do artista. Fernando Burjato faz a pintura sobrar para além do suporte do quadro, enquanto Bruno Marcelino abandona a idealidade do plano tradicional e conduz a pintura a perfazer encaixes com corpos tridimensionais.

 

SOBRE OS ARTISTAS

Fernando Burjato nasceu em Ponta Grossa – PR, em 1972. É Formado em pintura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), 1994. Escritor e artista plástico, vive e trabalha em São Paulo. Suas principais mostras individuais são: Pinturas, na Galeria Casa da Imagem, Curitiba -PR (2010); Guaches e Óleos, Sala Recife, Recife –PE (2010 ); Pinturas, na Galeria Virgílio, São Paulo no ano de 2009 e 2011.Dentre as exposições coletivas de que participou, destacam-se: Houston, we’ve had a problem - Galeria Casa da Imagem, Curitiba (2009); X Salão Nacional Victor Meirelles, Florianópolis (2008); 62º Salão Paranaense, Curitiba (2007); Matéria Opaca, Museu Murillo la Greca, Recife (2007); A matriz e a linguagem; Biblioteca Córdoba. Córdoba, Argentina (2004 ); VII Salão Nacional Victor Meirelles, Florianópolis (2000).

Bruno Marcelino nasceu em Campo Mourão-PR, 1989. É graduado no curso de Bacharel em Artes Visuais pela UFPR, (2013). Vive e trabalha em Curitiba. Dentre as coletivas de que participou destacam-se: Espaços transitivos, SESC Paço da Liberdade - Curitiba PR (2015), CUBIC Mostra de arte Universitária da 20º Bienal Internacional de Curitiba - SESC da Esquina e Sala Arte e Design UFPR,  Curitiba/PR (2013), Musa – Curitiba/ PR (2012) - 9, Musa – Curitiba/ PR (2012), Bienal de Arte Univeirsitária - Espaco 104, UFMG e UEMG Belo Horizonte/MG (2012), Carambolage - Exposição de arte contemporânea, Studio Antônio Wolf, Curitiba-PR(2011). Prêmios, residências e bolsas: Bolsa Produção para Arte Visuais FCC (2014- Atual) Residência Bienal de Arte Universitária – UFMG e UEMG Espaco 104, Belo Horizonte/MG (2012). 3º Lugar no 1º Salão SESI de Arte Contemporânea (2011)


< voltar