Cinema particular

Bia Wouk

29/08/2015

Na exposição que apresenta na Galeria Casa da Imagem, Cinema Particular, Bia Wouk traz 15 desenhos em grande formato, inspirados em filmes de Jean-Luc Godard. A relação desses desenhos com o cinema não se efetiva unicamente na apreensão das imagens do filme: um item especial desta linguagem – o tempo – é capturado pelos trabalhos da artista. Cada um desses desenhos de Bia denota uma estreita intimidade com a dimensão temporal, neles se exercita uma vontade de não só mostrar uma imagem, mas que quer construir um enlace agarrado à imaginação dos seus espectadores, com o intuito de superar este momento de suspensão apanhado em imagem e sobressair uma atmosfera de sensualidade e de acontecimentos porvir.

SOBRE A ARTISTA

Nasceu em Curitiba, Paraná, de 1976 a 1980 residiu em Paris, onde estudou na École Nationale Supérieure des Beaux Arts. Viveu e trabalhou em Beirute, Cidade do México, Brasília, San Francisco, Lisboa, Londres, Miami, Chicago e Madri.

Principais mostras individuais: MAM, Rio de Janeiro (1975); Galerie du Club 44, Genebra (1978); MAC, Curitiba (1981); Galerie Jean-Pierre Lavignes, Paris (19820; Paulo Figueiredo Galeria de Arte, São Paulo (1983); Simões de Assis Galeria de Arte, Curitiba (1986); Galeria de Arte Mexicano, Cidade do México (1984, 1986); Museu Alfredo Andersen, Curitiba (2000); Referência Galeria de Arte, Brasília (2004); Solange Rabello Art Gallery, Miami (2005).
Principais mostras coletivas: 12a. e 13a. Bienal Internacional de São Paulo(1973, 1975); Salão Nacional de Arte Paranaense, Curitiba, artista convidada, prêmio de aquisição (1972, 1973); 22o. Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro (1973); Salão de Arte Contemporânea de Campinas/Desenho Brasileiro 74, prêmio de aquisição; Arte Agora/ Brasil 70-75, MAM, Rio de Janeiro (1976); 6o., 7o., 8o. e 15o. Panorama de Arte Contemporânea Brasileira, MAM, São Paulo, artista convidada (1976,1977, 1978, 1987); 2o., 3o. e 8o. Salão de Desenho Brasileiro, Curitiba (1980, 1981, 1989), prêmio de aquisição, sala especial; Arte Contemporáneo Latinoamericano, Museo de Arte Moderno, Cidade do México (1983); Encuentros de Artistas Latinoamericanos, Museo de Artes de la Universidad de Guadalajara (1994, 1995); Nano Exposição 7.0, Studio 44, Estocolmo (2009). Mostras coletivas em galerias em Paris, Cidade do México, Washington, San Francisco, Lisboa e Miami.

< voltar